Alguns me perguntam: ” Por que tu Richardson antes amante e viciádo em GNU/Linux, não o usas mais, e agora está maravilhado com o FreeBSD ? “

Publicado: novembro 1, 2007 em Pessoal

Vamos começar,acho o UFS mais conservador que sistemas de arquivos jornalados como ReiserFS, XFS, JFS e ext3, disponíveis no Linux,e já pode ser habilitado o softupdates na instalação, o que aumenta e muito sua performace. Sistemas jornalados, ja são velhos conhecidos a perda de dados em crash do sistema, isso porque em sua maioria trabalham em modo assíncrono, por isso prefiro ficar com o meu UFS. =D

A família BSD, no caso o NetBSD, OpenBSD e FreeBSD são todos reconhecidos por sua segurança, com um maior destaque ao grande OpenBSD.É só comparar os adivisories que saem para as distribuicões Gnu/Linux com qualquer um da família BSD.

Como nas distribuições Gnu/Linux, o FreeBSD disponibiliza binários em forma de packages,e podem ser obtidos em seu ftp e depois de ter pego o seu package basta dar um pkg_add nomedoaplicativo.tgz e prontinho,tudo instalado.

O FreeBSD tem como ferramenta de configuração sysinstall,que apesar de não ser uma ferramenta de configuração tão amigável,acho que me satifaz.Acho que no Gnu/Linux na verdade nas distribuições,o adiministrador tem que aprender a usar cada ferramenta de acordo com a distribuição e isso não mantem um padrão,e outra só um adiministrador de redes Unix preguiçoso vai se sentir satisfeito com coisas do tipo como o linuxconf, yast2, configuradores do mandriva e etc. Além do mais um Adiministrador de redes que sabe administrar um sistema estou falando de servidores,não precisa de ferramentas do tipo.

Já vi falar que o FreeBSD em suas versões antigas suportou uma media de 3.000 usuarios simultâneos,e pareçe que rodando em uma maquina i386, e o sistema não travou hora nenhuma isso quer dizer que ele foi muito bem configurado e mostrou ser estável em servidores de missão crítica.

Falando do suporte a SMP ele é ótimo, pois ao meu ver com as novas implementacões deixa qualquer distribuição Gnu/Linux no chinelinho.

O modelo de trabalho do FreeBSD é organizado, pegue o kernel do freebsd e compare-o com um do Gnu/Linux, eu não sou um cãozinho em programação C ,pelomenos ainda não sou, mas qual quer um que entenda um pouco de programação vê que o kernel do linux é cheio de lixinhos. Já o FreeBSD não, antes de qualquer coisa entrar no Kernel passa pelo CORE TEAM que são bem rigorosos com o que entra e sai do Kernel.

Pocha e o FreeBSD é baseado no 4.4BSD e que foi trabalhado durantes décadas,isso mesmo décadas, e assim como hoje várias coisas no GNU/Linux são descaradamente copiadas do FreeBSD, como a pilha tcp/ip, entre outras coisas, isso sempre irá continuar acontecendo =D

Na verdade eu acho que é por ai,certas pessoas não enxergam além da vizeirinha,e assim vão morrer cegos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s