Arquivo da categoria ‘FreeBSD’

FreeBSD Java™ Project

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD

http://www.freebsd.org/java/index.html

Anúncios

Konqueror & Flash HowTo

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD

PrerequisitesYou need to be running either FreeBSD 6.1

For KDE versions older than KDE 3.4.0, you also you need to install the konqueror-nsplugins port

Caveat

Note: Sound does not work with wrapped Flash 7. If you require sound, the only option at the time being is installing the linux-firefox port and using the plugin there.

Installing Flash

Since the Flash Player from Macromedia is only distributed in binary form and only for Linux, we need to install a wrapper to make it accessible for Konqueror. Install linuxpluginwrapper and the actual Flash Player linux-flashplugin7 from ports:

cd /usr/ports/www/linuxpluginwrapper && make install clean
cd /usr/ports/www/linux-flashplugin7 && make install clean

Next, edit your /etc/libmap.conf and add the following lines (if it does not exist, create it):

[/usr/local/lib/npapi/linux-flashplugin/libflashplayer.so]
libpthread.so.0                 pluginwrapper/flash6.so
libdl.so.2                      pluginwrapper/flash6.so
libz.so.1                       libz.so
libstdc++-libc6.2-2.so.3        libstdc++.so
libm.so.6                       libm.so
libc.so.6                       pluginwrapper/flash6.so

Setting up Konqueror

In order for Konqueror to find the plugin for the Flash Player, you might have to add an additional search-path to the plugins-section of Konqueror’s settings.

  • Open Konqueror.
  • In the Konqueror menubar, traverse the submenus until you arrive at:
    Settings -> Configure Konqueror -> Plugins
  • Check the screenshot below. If you’re missing a path that’s shown in the screenshot, add it.
  • Proceed to the Scan tab.
  • Select the Scan for New Plugins button.
Configure Konqueror plugins

Plugins are now searched and if everything worked well, you should see an entry for the Flash-plugin when you switch to the Plugins tab.

Successful detection of the flash-plugin

The installation is finished.

Para instala-lo:

# cd /usr/ports/sysutils/portupgrade && make install clean
Depois de instalado, se voce quiser saber quais ports necessitam de atualização:

# portversion -vL=

Se voce quiser atualizar um pacote

# portupgrade pacote1 pacote2 pacote3

Se voce quiser atualizar tudo

# portupgrade -a

Atualizar tudo usando pacotes pre-compilados, se for possível

# portupgrade -Pa

Usar apenas pacotes pré-compilados

# portupgrade -PPa

Infinitas opções existem no portupgrade, lendo o man você terá uma noção mais ampla de tudo o que
ele pode fazer, mas o mais interessante e’ que quando voce roda um portupgrade pacote e ele vai
atualizar o pacote de 1.2 pra 1.3, antes dele instalar a nova versao 1.3, ele faz um pacote de
backup do 1.2, se no momento da instalação der problema, ele restaura o pacote da 1.2 e tudo fica
como antes.

Uma outra dica interessante e’ a respeito de atualização do perl, quando a mudança for algo como
perl-5.8.7 para perl-5.8.7_1, essa dica nao serve de nada, pois a versão do perl e’ a mesma, o que
mudou foi a versão do port, agora quando for 5.8.7 -> 5.8.8, ai sim anote essa, para não precisar
recompilar todos os ports que salvam libs dentro de /usr/local/lib/perl/5.8.7, para que elas movam
tudo para o novo diretorio 5.8.8, foi escrito um script que faz as mudancas sozinho sem precisar
recompilar nada, e’ o perl-after-upgrade. Entao basta executar:

# portupgrade perl
# perl-after-upgrade -f

Ports + Segurança

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD, OpenBSD

Antes de instalar qualquer pacote via ports, existe uma ferramente que deve ser instalada para
garantir a segurança dos produtos que vão ser instalados nesse server, é o portaudit. Ele faz
consulta a base de Vulnerabilidades (VuXML) e vai te alertar quando você tentar instalar um port
que tem uma falha, e, também, se você tem um port instalado e uma vulnerabilidade é encontrada nele,
o portaudit também avisa você no email que é enviado diariamente para o root.

Para instalar o portaudit:

# cd /usr/ports/security/portaudit
# make install clean
# rehash

Para baixar a base de dados e checar:

# portaudit -Fa

O portaudit será incorporado ao /etc/periodic, e baixará diariamente a base atualizada e fará uma
checagem.

O que é FreeBSD ?

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD

O FreeBSD é um sistema operacional livre do tipo Unix descendente do BSD desenvolvido pela Universidade de Berkeley.

Está disponível para as plataformas Intel x86, DEC Alpha, Sparc, PowerPC e PC-98 assim como para as arquiteturas baseadas em processadores de 64bits IA-64 e AMD64.

Considerado como robusto e estável, geralmente é utilizado em servidores, como de Internet ou Proxies, mas também pode ser utilizado como estação de trabalho.
Características

O FreeBSD é um sistema operacional multiusuário, capaz de executar em multitarefa. Ainda que o FreeBSD não possa ser chamado apropriadamente de Unix por não estar sob a licença do The Open Group, ele foi desenvolvido para ser compatível com a norma POSIX assim como outros clones do Unix.

O FreeBSD possui um sistema de arquivos próprio chamado Fast File System (FFS) que é uma derivação do Unix File System (UFS).

FreeBSD – Instalando CVSUP

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD

Para os que não sabem , o CvsUp é faz a atualização da árvore dos Ports, então para saúde do seu sistema é sempre bom está atualizando a árvore.

A localização para o cvsup é esta
#cd /usr/ports/net/cvsup-without-gui

Instale desta forma
#make install clean

Após instalado localize em /usr/share/examples/cvsup/ports-supfile o arquivo ports-supfile, o edite o mesmo.

# vi ports-supfile

Modifique esta linhaCHANGE_THIS.FreeBSD.org para um FreeBSD CVSup server válido
Dica : http://www.freebsd.org/doc/en_US.ISO8859-1/books/handbook/
cvsup.html#CVSUP-MIRRORS
Obs: Neste link você pode visualizar inumeros links para servidores válidos, eu pessoalmente escolhi este cvsup.br.FreeBSD.org .

# ORIGINAL
*default host=CHANGE_THIS.FreeBSD.org
*default base=/var/db
*default prefix=/usr
*default release=cvs tag=.
*default delete use-rel-suffix

#MODIFICADO
*default host=cvsup.br.FreeBSD.org
*default base=/var/db
*default prefix=/usr
*default release=cvs tag=.
*default delete use-rel-suffix

Após modificado SALVE e vamos para o proximo passo.

Copie o arquivo ports-supfile,localizado em /usr/share/examples/cvsup/ports-supfile para uma nova localização,como /root ou em seu home directory.
# cp /usr/share/examples/cvsup/ports-supfile /root

Agora inicie o CVSUP com o comando abaixo:

# cvsup -L 2 /root/ports-supfile

Obs: Com este comando o CVSUP irá fazer download da recente Ports Collection,atualizando assim a arvore dos Ports em seu sistema FreeBSD.

FreeBSD – Detectando Interface de SOM

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD


Observe o que eu fiz
1° – Entre num console <>
2º – Logue como ROOT
3º – Faça o mesmo que eu fiz

hachid# kldload snd_driver
hachid# cat /dev/sndstat
FreeBSD Audio Driver (newpcm)
Installed devices:
pcm0: at io 0xfebff800, 0xfebff400 irq 17 bufsz
16384 kld snd_ich (1p/1r/0v channels duplex default)
hachid#

Obs: Por fim, com um editor de texto qualquer <>, edite o arquivo rc.conf < /etc/rc.conf > e ponha esta linha –> kldload snd_driver , isto para que toda vez que você iniciar <> no sistema ele detecte novamente a sua placa de som e carregue os módulos.