Arquivo da categoria ‘OpenBSD’

» Stallman diz que não recomenda OpenBSD

Publicado: dezembro 18, 2007 em OpenBSD

 … em lista do OpenBSD Richard Stallman enviou uma mensagem á lista OpenBSD-Misc dizendo que ele não recomenda o OpenBSD por este ter software proprietário em seus ports. O e-mail de Stallmann começou uma grande discussão e desde então ele está sob uma enxurrada de mensagens de Theo de Raadt e usuários de OpenBSD. Vale a pena ver os argumentos de Theo e obviamente, a ironia em suas respostas. Que vergonha, Richard.

Mais: http://marc.info/?l=openbsd-misc&m=119730630513821&w=2 http://marc.info/?t=119730647100001&r=1&w=2

Fonte: http://www.digg.com/linux_unix/Real_men_don_t_attack_straw_men_says_Richard_Stallman

Anúncios

OpenBSD 4 Installed in 20 Minutes

Publicado: novembro 22, 2007 em OpenBSD


After reading a post on Command Line Warriors I decided to try the OpenBSD 4.0 installation. My third attempt was successful. The first one I spent trying to figure out their fdisk utility and finally had to quit and give it a fresh go. The second worked fine but I needed another go in order to get clean screen shots as I made a few mistakes.

Note: Using the steps below will destroy any data on your disk. Use a spare.

Note: If you would like to read it or run into problems, here is the the official documentation for OpenBSD 4.0 on a i386.

  1. Getting the installation ISO. Find an OpenBSD mirror to download the installation environment. The file is
    called cd40.iso.
  2. It will start booting in a few seconds (or I believe you can press enter).Install cd boot prompt
  3. (I)nstall, (U)pgrade, or just get a (S)hell.(I)nstall, (U)pgrade, or just get a (S)hell
  4. Terminal type. I used the default.Terminal type, press enter
  5. Set keymap.
    Choose us for US keymapping
  6. Are you sure? Yes.
    Are you sure?
  7. Which disk? I only had one so I pressed enter. Do you want to use the entire disk? Yes. This creates a whole disk
    OpenBSD “slice” which you will make into partitions in the next step.Which disk? Use default
  8. This is the tricky part. It puts you into an odd fdisk (for non BSD users). The options are NOT the same as Linux or Windows fdisk. The p command prints the current drive configuration. Basically you DO NOT want to delete the c partition. Its the whole disk slice which was created in the step above.Press p to print the configuration
  9. Delete everything but the c partition with the d command.
  10. Create a new partition with the a command. It will then ask you for the name, offset, size, type, and mount point. Leave the name and offset as the default. You need to leave some space for swap so I used 3GB of my 4GB disk. You can use M to specify Megabytes. Thus 3GB is 3000M. It then conveniently assumes you want the BSD filesystem type. Choose / as your mount point. Now we have to create the swap partition. Its more of the same. Just press a and use the defaults. I am running this through VMWare so I chose a large swap partition.Creating the root and swap partitions
  11. Once the disks are setup press q to quit and then confirm.Press q to quit and then confirm
  12. The next screen is the network options. I chose thirdtry as my hostname and dhcp as my method of obtaining my ipaddress otherwise I just used the defaults.Network options, I chose dhcp
  13. Enter the root password and confirmChoose a root password
  14. If your following these instructions choose http as the location of the sets and then type yes to display the list of known http servers:
    Choose http and yes to display a list of servers
  15. Your in more so press the space bar to see the next page. The US servers are at the bottom.Find a mirror near you
  16. Choose a mirror near your location and accept the default server directory.Choose a mirror and accept the default server directory
  17. Are you ready? Yes.
    Are you ready to install OpenBSD 4.0?
  18. Installing!
    OpenBSD is installing
  19. Once the download is complete it will ask you again for the location of the sets. This is for extra packages such as X. I chose the default of done and did not install any extra packages.Location of sets again, this is for extra packages. Press enter
  20. Choose the the defaults except for timezone.Choose the the defaults except for timezone
  21. Can it really be installed?Is it really installed
  22. Type halt and then reboot.Type halt and then reboot
  23. Congratulations you have just installed OpenBSD!Congratulations OpenBSD has been installed

» OpenBSD 4.2 lançado!

Publicado: novembro 5, 2007 em OpenBSD

Entre as novidades, há maior suporte a hardware (inclusive suporte nativo a SATA), melhorias no gerenciador de pacotes pkg_add e novidades quanto à imagem ISO oficial. Agora, as plataformas mais populares possuem uma imagem com todos os programas básicos (lembrando que até a versão 4.1 a ISO oficial tinha somente os arquivos necessários para uma instalação em rede).

A lista de mirrors está em http://www.openbsd.org/ftp.html

E o anúncio oficial do release está em http://undeadly.org/cgi?action=article&sid=20071101030310

Para instala-lo:

# cd /usr/ports/sysutils/portupgrade && make install clean
Depois de instalado, se voce quiser saber quais ports necessitam de atualização:

# portversion -vL=

Se voce quiser atualizar um pacote

# portupgrade pacote1 pacote2 pacote3

Se voce quiser atualizar tudo

# portupgrade -a

Atualizar tudo usando pacotes pre-compilados, se for possível

# portupgrade -Pa

Usar apenas pacotes pré-compilados

# portupgrade -PPa

Infinitas opções existem no portupgrade, lendo o man você terá uma noção mais ampla de tudo o que
ele pode fazer, mas o mais interessante e’ que quando voce roda um portupgrade pacote e ele vai
atualizar o pacote de 1.2 pra 1.3, antes dele instalar a nova versao 1.3, ele faz um pacote de
backup do 1.2, se no momento da instalação der problema, ele restaura o pacote da 1.2 e tudo fica
como antes.

Uma outra dica interessante e’ a respeito de atualização do perl, quando a mudança for algo como
perl-5.8.7 para perl-5.8.7_1, essa dica nao serve de nada, pois a versão do perl e’ a mesma, o que
mudou foi a versão do port, agora quando for 5.8.7 -> 5.8.8, ai sim anote essa, para não precisar
recompilar todos os ports que salvam libs dentro de /usr/local/lib/perl/5.8.7, para que elas movam
tudo para o novo diretorio 5.8.8, foi escrito um script que faz as mudancas sozinho sem precisar
recompilar nada, e’ o perl-after-upgrade. Entao basta executar:

# portupgrade perl
# perl-after-upgrade -f

Ports + Segurança

Publicado: novembro 1, 2007 em FreeBSD, OpenBSD

Antes de instalar qualquer pacote via ports, existe uma ferramente que deve ser instalada para
garantir a segurança dos produtos que vão ser instalados nesse server, é o portaudit. Ele faz
consulta a base de Vulnerabilidades (VuXML) e vai te alertar quando você tentar instalar um port
que tem uma falha, e, também, se você tem um port instalado e uma vulnerabilidade é encontrada nele,
o portaudit também avisa você no email que é enviado diariamente para o root.

Para instalar o portaudit:

# cd /usr/ports/security/portaudit
# make install clean
# rehash

Para baixar a base de dados e checar:

# portaudit -Fa

O portaudit será incorporado ao /etc/periodic, e baixará diariamente a base atualizada e fará uma
checagem.

Atualizando o ports do OpenBSD

Publicado: novembro 1, 2007 em OpenBSD

Para se atualizar o ports é muito simples, praticamente a mesma coisa que se faria para atualizar o código fonte!

Inicie pegando a árvore do ports:

Aqui vamos setar a variável do CVSROOT que é de onde nós vamos baixar o ports.
Se você usa o bash:
export CVSROOT=anoncvs@anoncvs.ca.openbsd.org:/cvs

Se você usa o ksh:
setenv CVSROOT anoncvs@anoncvs.ca.openbsd.org:/cvs

Depois de setar a variável CVSROOT, vamos executar o cvs para pegar a árvore de ports:
Para pegar o ports corrente:
cd /usr
cvs -q get -P ports

Para pegar o ports da última versão estável (neste caso 4.0)
cd /usr
cvs -q get -rOPENBSD_4_0 -P ports

Se você já tem o fonte em sua máquina, basta atualizá-lo, assim:
Para atualizar para o ports corrente:
cd /usr/ports
cvs -q up -Pd

Para atualizar para o ports da última versão estável:
cd /usr/ports
cvs -q up -rOPENBSD_4_0 -Pd

Quick OpenBSD facts

Publicado: novembro 1, 2007 em OpenBSD

Default shell: Korn shell (ksh) for root; Bourne shell (sh) for users; the C shell (csh) is also included by default.
Default editor: vi
File system: BSD Fast File System (FFS) with soft updates (no journalling necessary)
Kernel: 4.4BSD-based, monolithic, SMP-capable, does not support external kernel modules by default
Binary support: OpenBSD, FreeBSD, SCO/ISC, SVR4, Linux, BSD/OS
Supported architectures: Alpha, AMD64/EM64T, cats, hp300, hppa, i386, luna88k, mac68k, macppc, mvme68k, mvme88k, sgi, sparc, sparc64, vax, zaurus
Hardware support (i386)