Arquivo de novembro, 2007

SUPERTESTES

Publicado: novembro 23, 2007 em Diversão


ENSINO FUNDAMENTAL

5ª Série do Ensino Fundamental
6ª Série do Ensino Fundamental
7ª Série do Ensino Fundamental
8ª Série do Ensino Fundamental

ENSINO MÉDIO

Funções
Domínio de funções
Função do 1º grau
Função do 2º grau
Função composta
Função inversa
Funções especiais
Inequações do 1º e 2º grau
Sistema de inequações
Inequações produto – quociente
Função modular
Exponencial – Equações
Exponencial – Função e inequações
Logaritmos – Introdução
Logaritmos – Propriedades
Logaritmos – Mudança de base e colog
Logaritmos – Equações
Logaritmos – Inequações
Progressão Aritmética ( PA ) – Termo geral
Progressão Aritmética ( PA ) – Propriedades
Progressão Aritmética ( PA ) – Soma dos termos e interpolação
Progressão Geométrica ( PG ) – Termo geral
Progressão Geométrica ( PG ) – Propriedades
Progressão Geométrica ( PG ) – Soma dos termos e interpolação
Matriz – Formação e igualdade
Matriz – Operações
Sistemas Lineares
Sistemas Lineares – Discussão
Sistemas Lineares – Homogêneos
Geometria dos sólidos – Poliedros
Prismas – Cubo e paralelepípedos
Prismas – Triangulares e hexagonais
Pirâmides
Cilindros
Cone
Esfera
Análise combinatória – Princípio multiplicativo
Análise combinatória – Fatorial ( ! )
Análise combinatória – Arranjos
Análise combinatória – Permutações
Analise combinatória – Combinações
Probabilidade
Binômio de Newton 01
Binômio de Newton 02
Binômio de Newton 03
Introdução à Geometria Analítica ( GA )
GA – Distância entre dois pontos
GA – Ponto médio
GA – Coeficiente angular e equação da reta
GA – Posições relativas entre retas
GA – Área de polígonos
GA – Distância entre ponto e reta
GA – Circunferência
GA – Posições relativa entre ponto e circunferência
GA – Posições relativas entre reta e circunferência
GA – Lugar geométrico
Polinômios
Polinômios – Operações
Equações algébricas – Teorema da decomposição e Teorema d’Alembert
Equações algébricas – Teorema das raízes racionais e complexas
Equações algébricas – Relações de Girard
Números complexos – Adição, subtração, multiplicação e igualdade
Números complexos – Conjugado, divisão e potências
Números complexos – Módulo
Números complexos – Forma polar ou trigonométrica
Números complexos – Multiplicação, divisão e potenciação na forma trigonométrica
Números complexos – Radiciação e exponencial na forma trigonométrica
Anúncios

Sendo C=A+B
relação: Cij=Aij+Bij

Tabela

|  10  5  |        | 1   15 |        | 11   20  |
|  7  22  |  +   | 7   2   |  =    | 14   24  |
| -3  14  |       | 3   4   |        |  0   18   |

A resolução deste problema tem um ponto em comum relação ao anterior,já que todos os elementos das matrizes
devem ser acessados

constante N_LIN = 3;
N_COL = 2;
tipo Matriz_3x2: vetor [N_LIN, N_COL] de real;
Soma_Matriz(A, B: Matriz_3x2; ref C: Matriz_3x2): neutro
var i,j:inteiro
inicio
para (i <- 1,i <= N_LIN;i <- i + 1) faça
para (j <- 1,j <= N_LIN;j <- j + 1) faça
C[i,j] <- A[i,j]+B[i,j];
fim

DICA: MATRIZ –> para a turma de LPA

Publicado: novembro 23, 2007 em algoritmo

Vetores  bidimensionais  ( MATRIZES )

Entendendo

Primeiro exemplo lógico

constante N_LIN = 2;
N_LIN = 3;

tipo Matriz_2x3: vetor [N_LIN, N_COL] de real;
Lê_Matriz_Versão1(ref M: Matriz_2x3): neutro
início
escreva(“Entre com o elemento – Linha1, Coluna 1: “);
leia(M[1,1];
escreva(“Entre com o elemento – Linha1, Coluna 2: “);
leia(M[1,2];
escreva(“Entre com o elemento – Linha1, Coluna 3: “);
leia(M[1,3];
escreva(“Entre com o elemento – Linha2, Coluna 1: “);
leia(M[2,1];
escreva(“Entre com o elemento – Linha2, Coluna 2: “);
leia(M[2,2];
escreva(“Entre com o elemento – Linha2, Coluna 3: “);
leia(M[2,3];
fim

Bom, neste primeira representação,é de fato inadequada,pois é extremamente trabalhosa.O que de fato iria ter que ser feito basicamente tudo na ‘ unha ‘,isto é,como ficaria para vc manipular uma matriz do tipo 100×100 que seria no caso uma matriz com 10.000 elementos ? É claro que é inviável este tipo de implmentação.

Para resolver o problema teremos de fazer uma manipulação de dois índices simultâneos: um para a linha e outro para a coluna.
Como toda a matriz será lida,teremos que acessar todos os elementos,para isto a estratégia seria varrer todos os elementos de cada  linha por vez.

Uma segunda opção seria criar um laço para tratar o índice das colunas.

Segundo exemplo lógico

constante N_LIN = 2;
N_LIN = 3;

tipo Matriz_2x3: vetor [N_LIN, N_COL] de real;
Lê_Matriz_Versão1(ref M: Matriz_2x3): neutro;
var i : inteiro;
início
para (i <-1; i <= N_COL;i <- i + 1 ) faça
início
escreva(“Entre com o elemento – Linha1, Coluna”,i);
leia(M[1,i];
fim
para (i <-1; i <= N_COL;i <- i + 1 ) faça
início
escreva(“Entre com o elemento – Linha2, Coluna”,i);
leia(M[2,i];
fim
fim

Bom,agora esta implementação ficou bem melhor que a primeira,mais continua apresentando repetição de procedimentos feitos de forma manual.Isto faz com que a abordagem seja inadequada para o caso,imagine uma matriz 100×100.O laço da leitura da coluna seria feito 100 vezes,se tornado algo inviável.

A solução FINAL seria criar um laço para  as linhas.

EXEMPLO

para (i <- 1,i <= N_LIN;i <- i+ 1) faça
início
{ código para tratar a linha }
fim

Então teremos um algoritmo final assim,USANDO 10.OOO ELEMENTOS  =)

constante N_LIN = 100;
N_LIN = 100;

tipo Matriz_100x100: vetor [N_LIN, N_COL] de real;
Lê_Matriz_Versão1(ref M: Matriz_2x3): neutro;
var i,j : inteiro;
início
para (i <-1; i <= N_LIN;i <- i + 1 ) faça
para (j <-1; i <= N_COL;i <- i + 1 ) faça
início
escreva(“Entre com o elemento – Linha”, i,” Coluna”,j);
leia(M[i,j];
fim
fim

Bom,é isso, acredito que os colégas de classe podem agora entender bem o conceito de MATRIZ em usando a LÓGICA DOS ALGORITMOS.

backupserver:~# vim hostip.sh
backupserver:~# chmod +x hostip.sh
backupserver:~# cp hostip.sh /etc/init.d/
backupserver:~# update-rc.d hostip.sh defaults
Adding system startup for /etc/init.d/hostip.sh …
/etc/rc0.d/K20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
/etc/rc1.d/K20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
/etc/rc6.d/K20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
/etc/rc2.d/S20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
/etc/rc3.d/S20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
/etc/rc4.d/S20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
/etc/rc5.d/S20hostip.sh -> ../init.d/hostip.sh
backupserver:~# ls -lha /etc/init.d/ |grep hostip

Padrão iniciando programa no boot

Publicado: novembro 22, 2007 em howto

update-rc.d script defaults


I’ve had few questions about obtaining the MAC and IP addresses on a Windows box. Personally, I find the ipconfig command as the easiest way to get this information. Here’s an example.

C:\Documents and Settings\hachid>ipconfig /all

Windows IP Configuration

Host Name . . . . . . . . . . . . : ixxx
Primary Dns Suffix . . . . . . . :
Node Type . . . . . . . . . . . . : Mixed
IP Routing Enabled. . . . . . . . : Yes
WINS Proxy Enabled. . . . . . . . : No

Ethernet adapter Local Area Connection:

Connection-specific DNS Suffix . :
Description . . . . . . . . . . . : Intel(R) PRO/1000 CT Network Connect
ion
Physical Address. . . . . . . . . : xx-xx-xx-xx-xx-xx
Dhcp Enabled. . . . . . . . . . . : Yes
Autoconfiguration Enabled . . . . : Yes
IP Address. . . . . . . . . . . . : xxx.xxx.x.x
Subnet Mask . . . . . . . . . . . : 255.255.255.0
Default Gateway . . . . . . . . . : xxx.xxx.xx.x
DHCP Server . . . . . . . . . . . : xxx.xxx.x.x
DNS Servers . . . . . . . . . . . : xxx.xxx.xx.x
xxx.xxx.xx.x
Lease Obtained. . . . . . . . . . : Monday, October 22, 2007 6:46:11 PM
Lease Expires . . . . . . . . . . : Tuesday, October 23, 2007 6:46:11 PM


After reviewing my Google Webmaster tools, I’ve observed several search iterations for “remove first 100 or 1000 lines in a log file.” Here’s an example to demonstrate removing the first 10 lines, 100 lines or 1000 lines in an .htaccess file.

Remove first 10 lines
# nl -ba .htaccess | more
1
2 order allow,deny
3 allow from all
4
5
6 deny from 213.xxx.xxx.xx
7 deny from 124.xxx.xxx.xx
8 deny from 81.xxx.xxx.xx
9 deny from 88.xxx.xxx.xx
10 deny from 88.xxx.xxx.11
11 deny from 84.xxx.xxx.56
12 deny from 88.xxx.xxx.xx
13 deny from 82.xxx.xxx.xx
14 deny from 69.xxx.xxx.xx
15 deny from 24.xxx.xxx.xx

# tail +11 .htaccess | more
deny from 84.xxx.xxx.56
deny from 88.xxx.xxx.xx
deny from 82.xxx.xxx.xx
deny from 69.xxx.xxx.xx
deny from 24.xxx.xxx.xx

Above is for illustration purposes but this syntax is all you need.
# tail +11 .htaccess > remove_10Lines.txt

Remove first 100 lines
# nl -ba .htaccess | more

96 deny from 85.xxx.xxx.xx
97 deny from 85.xxx.xxx.xx
98 deny from 85.xxx.xxx.xx
99 deny from 83.xxx.xxx.xx
100 deny from 81.xxx.xxx.70
101 deny from 81.xxx.xxx.29
102 deny from 81.xxx.xxx.xx
103 deny from 77.xxx.xxx.xx

# tail +101 .htaccess | more
deny from 81.xxx.xxx.29
deny from 81.xxx.xxx.xx
deny from 77.xxx.xxx.xx

Above is for illustration purposes but this syntax is all you need.
# tail +101 .htaccess > remove_100Lines.txt

Remove first 1000 lines
# nl -ba .htaccess | grep 1000 | more
1000 deny from 88.xxx.xxx.114

# nl -ba .htaccess | more

996 deny from 88.xxx.xxx.xxx
997 deny from 88.xxx.xxx.xxx
998 deny from 88.xxx.xxx.xxx
999 deny from 88.xxx.xxx.xxx
1000 deny from 88.xxx.xxx.114
1001 deny from 88.xxx.xxx.59
1002 deny from 88.xxx.xxx.xxx
1003 deny from 88.xxx.xxx.xxx

# tail +1001 .htaccess | more
deny from 88.xxx.xxx.59
deny from 88.xxx.xxx.xxx
deny from 88.xxx.xxx.xxx

Above is for illustration purposes but this syntax is all you need.
# tail +1001 .htaccess > remove_1000Lines.txt